AVALIAÇÕES    A BUSCA DA QUALIDADE

Em 1994, antevendo mais uma vez o futuro, A FUNDAÇÃO CESGRANRIO começou a se preparar para fazer a avaliação de sistemas de ensino.

Sempre em busca do que de mais moderno se pratica no mundo, na área de educação, assinou um convênio com a Fundação Ford para incorporar uma nova tecnologia que permite comparar, através de modelos estatísticos, o desempenho de alunos ao longo dos anos, mesmo que não sejam os mesmos alunos e não tenham feito a mesma prova: a Teoria da Resposta ao Item - a TRI, inaugurando um novo paradigma na área de medidas educacionais.

A partir de 1995, a Cesgranrio passou a elaborar e aplicar o projeto do SAEB, Sistema de Avaliação do Ensino Básico, usando a TRI. Essa tecnologia foi, assim, utilizada, pela primeira vez no Brasil, pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

A partir daí, coube à Cesgranrio, ano a ano, isoladamente ou em consórcio, a aplicação da quase totalidade das avaliações nacionais: o Exame Naciona de Cursos, popularmente chamado "Provão", desde 1996, substituído atualmente pelo ENADE - Exame Nacional de Avaliação do Desempenho dos Estudantes ; o ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio - desde 1998; o ENCCEJA - Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, em 2002 e 2007; e a Prova Brasil, de 2005 e 2007.

Além das avaliações nacionais, a FUNDAÇÃO CESGRANRIO tem realizado avaliações do sistema de ensino em vários Estados, como o SPAECE - Sistema Permanente de Avaliação do Ensino do Ceará; o SARESP - Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar de São Paulo; o SIADE - Sistema de Avaliação do Desempenho das Instituições de Ensino do Distrito Federal; o Nova Escola, no Estado do Rio de Janeiro; e o do Rio Grande do Sul, entre outros, além de avaliar projetos, como o da TV-Escola, o do SENAI e o Escola Campeã, por exemplo.


 

Sistema de Avaliação Progressiva para Ingresso no Ensino Superior

O Sistema de Avaliação Progressiva para o Ingresso no Ensino Superior - SAPIENS - é um projeto concebido pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO, com a participação de renomado grupo de professores das redes pública e privada de Ensino Médio, e aprovado pelo Ministério da Educação para aplicação, como projeto-piloto, no Estado do Rio de Janeiro...

Saiba mais...


 

Projetos de Avaliação em Larga Escala

A partir de 1994, a FUNDAÇÃO CESGRANRIO desenvolveu projetos  para avaliações tanto nacionais, quanto estaduais e municipais. Ao introduzir no Brasil a TRI, a FUNDAÇÃO CESGRANRIO se destacou como uma das poucas instituições que dominam e praticam essa tecnologia, ombreando-se com países mais avançados da Europa e da América do Norte, e colocando o Brasil com visibilidade internacional na área de avaliação de sistemas escolares.

Saiba mais...


 

Exames Nacionais

Além de avaliar sistemas de ensino, em que o foco da avaliação é o diagnóstico dos níveis de aprendizagem demonstrados pelos alunos em diferentes etapas de sua escolaridade, a FUNDAÇÃO CESGRANRIO também vem participando de avaliações cuja finalidade é apresentar os resultados individuais dos alunos e/ou de instituições. Nesse caso, encontram-se o Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM), o Exame Nacional de Cursos (Provão) e o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE).

Saiba mais...


 

Avaliação de Programas

A avaliação de programas é outra linha de atuação da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, desenvolvida por sua equipe técnica.

Saiba mais...

TRI


A Teoria da Resposta ao Item, muitas vezes abreviada apenas por TRI, é uma modelagem estatística utilizada em medidas psicométricas, principalmente na área de avaliação de habilidades e conhecimentos.

         leia mais


ENEM


A Cesgranrio é detentora da maior aplicação isolada de provas: no ENEM 2005, aplicou sozinha provas para mais de 3 milhões de candidatos, em 729 municípios das 27 unidades da Federação.

         leia mais




O conteúdo desta página poderá ser alterado sem aviso prévio.   Este Site sofre atualizações frequentemente.
Copyright © 1997-2014 FUNDAÇÃO CESGRANRIO.   Todos os direitos reservados.